segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Desafios...


Em resposta a este tão interessante desafio, o de colocar aqui a 5º frase das 161º página de um livro que se encontra-se na nossa cabeceira (no meu caso, um lugar mítico, pouco utilizado para leituras, apenas um apoio para o tirânico telemóvel e a sua exigência de me acordar todas as manhãs...) Como o "livro" que estou de momento a ler é Deus e o Estado de Bakunin, que é mais um ensaio e por isso algo curto...tive que escolher outro livro...ora a aleatoriadade ditou O ultimo cabalista de Lisboa de Richard Zimler, ficando aqui a 5º frase da 161º página:

- Onde é que arranjaste isto? - pergunta.
- Desenhei-o

Sim, sim, coloquei também a sexta frase, mas não interessa, soa me bem, gostava de também poder responder assim, a perguntas acerca da origem das coisas...

Até mais e não, não vou deixar uma lista para continuar, ainda sou novo nisto dos blogs, mas deixo o desejo que alguém o faça...

4 comentários:

Pedro Raposo disse...

Isso é estranho, mas pronto... cá vai a minha contribuição. A 5ª frase da página 161 do meu livro de cabeçeira, Lehninger Principles of Biochemistry.

However, because oxygen is a gas, we must make some minor adjustments to the equations so that laboratory experiments can be carried out more conveniently.

Yavanna Kementari disse...

"O letreiro do hotel, em luzes vermelhas, brilha dentro do quarto. O calor paira lá dentro.
- Anaïs - diz Henry - tu tens o rabo mais bonito."

Ok, estiquei-me um bocadinho, linha 5 e 6. Mas visto que ja começou assim nao faz mal nenhum :)

in: Henry & June de Anaïs Nin

marta_ a mana disse...

visto k o meu livro de cabeçeira é uma banda desenhada"resmas de zits" de Jerry Scott e Jim Borgmam, vou deixar aki o 5º quadradrinho da pag 161....:) e aki vai"
-isto nao é um fato de palhaço!isto é a fatiota que levas te ao casamento do Stu e da Lynette em 1974!
-Eu sei disso, e tu sabes disso......"
e pronto aki tens a minha contribuiçao pro jogo...lol:P...bj

Cid disse...

Hum! Algo original! Cá vai o meu modesto contributo de dois que tenho na mesa de cabeceira (detesto este nome...) e que ando a tentar ler há imenso tempo (algo que me falta):
"And now tell me, who am quite another person - who am nothing more than the friend who begged you to trust him - why you are out at midnight, and what is it that brings you so far through the streets at this late hour, my slight, delicate,' child was on his lips again, 'Little Dorrit?'" - Little Dorrit (Charles Dickens)
e
"A lei da atracção diz que as coisas semelhantes se atraem" - The Secret (Rhonda Byrne)

Sorry pela extensão...
Interessante...