domingo, 2 de dezembro de 2007

Fuck me Jesus!


ou

Uma reflexão séria acerca de vida sexual da figura messiânica judaico-cristã de uma perspectiva pós-modernista.


Ponto 1 – Não, ele não facturou, não perguntem!
Fim

2 comentários:

Pedro o Raposo disse...

Some say he did, some say he did.

Mas aquilo de andar para lá e para cá com 12 gajos... bem...

nenúfar disse...

:o

p.s. - tens um recado no meu blog, um desafiozinho, vá! *